Com curadoria de Ricardo Feldman, sócio fundador da Livre, e do designer Jum Nakao, a exposição “Bailes do Brasil” desembarca no Solar Marquesa de Santos, em São Paulo. Uma ode à moda, música e dança, a mostra retrata em imagens, som e vídeo os mais diversos momentos de celebração do Brasil.

Foto: Maureen Bisilliat

Foto: Maureen Bisilliat

A exposição faz um mapeamento cronológico, abordando desde a primeira República no final do século XIX até os dias atuais. A moda do período é retratada no registro do cotidiano, com as mais de 200 imagens selecionadas de profissionais nacionais e internacionais, a partir do acervo de instituições públicas e privadas. Já a seleção musical foi feita com pesquisa sobre aspectos rítmicos brasileiros, além das três videoinstalações com figurinos escolhidos exclusivamente por Jum.

Foto: Marcel Gaurtherot

Foto: Marcel Gaurtherot

Dividida em três atos: Regionalismo Pulsante, que destaca a produção cultural, Metrópole Vibrante evidencia a forte influência europeia nas tradições e costumes brasileiros e a sala Globalização Eletrizante, que dialoga entre a afirmação de nossa brasilidade e as distintas identidades mundiais. “Bailes” tem parceria do Museu da Cidade de São Paulo e apoio da C&A.

Foto: Lalo de Almeida

Foto: Lalo de Almeida

De 28 de junho a 25 de outubro de 2015, terça-feira a domingo, das 9 h às 17 h, no Solar Marquesa de Santos, Rua Roberto Simonsen, 136, Sé, São Paulo.

Comentários